24
Sam, Junho

PEDIDO DE CASAMENTO NO Pulaars HAL: É tudo no murmúrio

O ritual de casamento em Hal Pulaar

Grand Air

Le mariage est une institution universelle. Il unit un homme et une femme pour vivre ensemble, et fonder une famille. Chez les Pulaars, le mariage est un évènement qui est vécu et célébré avec une originalité propre à la culture des Foutankés. Le mariage est consommé à l’issue d’un long processus de rites culturels qui marquent les différents moments de l’évènement.


A l’instar des autres ethnies du Sénégal, le mariage chez les Hal Pulaar est soumis à un rituel qui peut ressembler à un chemin de croix pour le jeune garçon qui demande la main d’une fille. Il semble que tout commence par le murmure. Comme pour dire que l’amour est confidentiel, quelque chose que l’on chuchote à l’oreille à l’élu de notre cœur. C’est du moins ce qu’explique Amadou, griot Pulaar résidant à Boïnadji dans le Fouta, de passage à Dakar. « Tout commence par une proposition officieuse, une demande qui est surnommée « Ndioumbourdi », qui signifie en Pulaar « murmurer à l’oreille ».

Pour commencer, le prétendant doit tout d’abord annoncer son intention de mariage à sa fiancée après avoir discuté avec ses parents. Par la suite, une délégation est envoyée à cet effet à la famille de la fille, où une somme symbolique est remise pour faire part de l’intention. Après ceci, intervient la demande en mariage ou fiançailles, appelée « Diamal ».

« Une autre délégation sera ensuite envoyée pour emmener la dot appelée « Tengué » en Pulaar. Après quoi, un griot sera chargé d’officialiser les fiançailles », a souligné Amadou. Selon lui, avant les festivités, une forte délégation composée des sœurs et des cousines du prétendant remet le « Warougal » aux parents de la fiancée. Cette somme est une participation symbolique aux frais de la cérémonie de mariage. Puis, vient le « Nafooré » (somme d’argent) qui est destiné à la mère de la fille. En contre partie, elle doit donner le double, voire même le quadruple de la somme qui lui est versée.

Le « Koumal », c’est-à-dire le mariage proprement dit, se déroule à la mosquée. « Il a lieu dans une mosquée du lieu de résidence de la femme sous la présence des amis et parents des deux parties engagées », a-t-il révélé.

Le mode de déroulement du mariage

Généralement, la cérémonie a lieu dans l’après-midi. Après la prière d’Asr (17 h), l’imam convoque les deux témoins des familles engagées. Ces témoins sont appelés « Sédjédji ». Les représentants du mari doivent pour une fois encore sortir de l’argent, donner de la cola (Gorro) et le prix du bœuf (Garri) qui doit servir aux festivités. Par la même occasion, une somme d’argent est aussi remise aux pères des mariés, qu’on appelle « Wouté Babirado ». Une autre est remise à l’imam de la mosquée qui noue les liens de mariage. C’est le « Wouté Thiérno ».

La cérémonie intervient après tout ce processus. Elle est sanctionnée par des repas, des danses, des chants folkloriques, généralement le Yélla. Des louanges sont entonnées par les griots à l’encontre des mariés. C’est le jour même où la mariée devra quitter le domicile de ses parents pour rejoindre celui de son mari. C’est le « Kourtoungaal ». Une délégation composée des amis ou des sœurs du marié va chercher l’épouse qui sera escortée de ses tantes, de ses cousines et de ses griottes au rythme du Yélla.

Dans cette délégation, se trouve une fille chargée d’accompagner la mariée. C’est la « Djéwtowoo » qui restera avec son amie toute la durée de sa nuptialité. Après la cérémonie, la mariée est directement conduite dans son foyer par des femmes conduite par une marraine appelée « Djeydo Suudu ». Elle est chargée d’installer la mariée dans sa chambre conjugale. Au lendemain de la nuit de noce, la mariée reste dans sa chambre nuptiale pendant sept jours, « Dombourdou ».

Poucos casamentos inter-étnicos

Il est assez souvent reproché à la communauté « Haal Pulaar » d’épouser d’autres individus étrangers à leur communauté. Ce à quoi Amadou, griot, a tenté d’apporter des explications en ces termes : « Ce comportement n’est pas le résultat d’une exclusion. Seulement, les Pulaars avaient l’habitude de vivre en communauté. C’est naturellement qu’ils prenaient leur partenaire dans la communauté. Ceci est aussi une façon de raffermir les liens familiaux ».

Amadou poursuit : « Toutefois, ce comportement n’était pas le ressort exclusif des Pulaars. Les mêmes pratiques étaient de vigueur chez les Wolof, les Sérère, les Diola qui ne prenaient en mariage que les membres de leur communauté. C’était l’époque de la royauté durant laquelle les gens restaient dans leur terroir respectif et n’avaient nullement besoin d’en sortir ». Toutefois, cette pratique n’est plus forcément respectée. Du moins, l’exclusion n’est plus de mise chez les jeunes Pulaars. Hamidou Kane, vingt deux ans, étudiant en licence de droit à l’université Cheikh Anta Diop témoigne : « Je ne suis pas encore marié. En revanche, l’ethnie à laquelle appartiendra mon épouse importe peu. Pour preuve, bien que je sois Pulaar, je ne suis jamais sorti avec une fille de ma communauté ».

Facebook Top Publicar
0
ações

Porque eu gosto de Senegal

Experimente a floresta delta Saloum do oceano (WEO)

Reservar este 4J / 3N fim de semana viagem Getaway Organizado datas agendadas. informação exigida (*)
I. CONTACT
Civilidade(*)
Digite sua saudação

Primeiro nome(*)
Digite seu nome

Nome(*)
Digite seu nome

Teu email(*)
Digite o seu e-mail

telefone(*)
Digite seu telefone

endereço(*)
Digite seu endereço

Cidade(*)
Insira sua cidade

País(*)
Entrar em seu país

II. Informação da viagem
Número de participantes(*)
Digite o número de pessoas a que reservar

O número de pessoas para as quais você é reserva

Encontro(*)
Introduza a data de reserva

Escolha a sua data de reserva

Detalhes adicionais você quer dar

Como devemos entrar em contato com você?(*)
Conte-nos como entrar em contato com você

Como você ficou sabendo sobre a plataforma digital "Por Jaime O Senegal"?(*)
De acordo-nos como é que você PourquoiJaimeLeSenegal?

AVISO! Se todas as informações obrigatórias (*) não são fornecidos a sua reserva não será enviado.

Porque eu gosto de Senegal

Experimentar o delta Oceano floresta Saloum

MOTIVAÇÃO PARTICIPANTE

- Pesquisa de autenticidade natural, cultural e histórico
- Conheça pessoas
- Relaxe e descanse em um cenário natural
- Discover, experiência e ganhar uma experiência positiva
- Contribuir para a preservação do património natural e cultural

DESTAQUES DO CURSO

- Reserva da Biosfera (1981)
- Zona Húmida de Importância Internacional (Ramsar site 1984)
- O Delta do Saloum e seus vestígios de mais de dois milênios de ocupação humana estão inscritos na lista da UNESCO do Património Mundial (2011)
- admitidos no Clube das Mais Belas Baías do Mundo (2005)
- Reserva Natural Comunidade
- Variedade e diversidade de ecossistemas e zonas de observação: cerrado e aquático
- O ecossistema manguezal fabuloso
- Florestas de baobá
- Facilidade de acesso às áreas de visualização
- aquáticos e terrestres faunas abundantes e fáceis de ver
- Um dos maiores sítios de importância ornitológica na África
- A reserva da biosfera é o lar do Parque Nacional do Delta do Saloum
- Green Trail Bamboung
- Calma, isolamento e local de beleza natural
- Possibilidade de atividades à beira-mar (banho)
- passeios de seguros livremente em uma canoa no mangue
- Ele beneficia muito do ar sol e mar
- Caminhadas sem qualquer dificuldade
- Localização do alojamento em ambiente natural (Keur Bamboung) nas margens do bolong permitindo fácil acesso às áreas de visualização
- Reuniões e intercâmbios com as pessoas locais
- Povos Indígenas Hospital
- Descoberta de produtos locais: comida, artesanato
- Descoberta das actividades sócio-económicas tradicionais, como a pesca, reunindo etc.
- Descubra a arquitetura tradicional local
- Locais históricos, religiosos sagrados
- A descoberta de sítios arqueológicos (sambaquis)
- guias dinâmicas e informativas

PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

Dakar, cosmopolita e cidade histórica

Dakar, capital do Senegal e ex-capital da África Ocidental Francesa, é construído em um local magnífico, a península Cabo Verde, apoiado pelo Oceano Atlântico e delimitada por duas cabeceiras: ao norte, o Almadies com praias leste Ngor, Yoff e Cambérène. A sua localização na extremidade ocidental da África encorajou os primeiros colonos, e do comércio com o Novo Mundo, e dá-lhe uma posição única no cruzamento de culturas Africano e Europeu. Uma infra-estrutura beleza legado da era colonial - o porto, a estação ferroviária, a Câmara Municipal, o mercado Kermel, a Câmara de Comércio, o Ministério das Relações Exteriores, o Palácio Presidencial, a Assembleia Nacional, o museu arte Théodore Monod Africano em Dakar, a Catedral da Memória Africano, o famoso mercado Sandaga em arquitetura neo-sudanês - foram adicionados novos edifícios e locais de atração, como a grande mesquita, a Porta do Terceiro Milênio e vila de artesanato Soumbédioune. as Ilhas Madalena, os dois Udders colinas, a misteriosa ilha de Teunguène estão entre outras atracções para descobrir Dakar.


PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

Casamance, uma África verde

Um verde cartões postais África com pomares, florestas profundas e extensas praias, a região de Casamance é uma Senegal muito especial. densas florestas, praias com coqueiros Cabo Skirring em Abene, suas ilhas, manguezais e mangue florestas, suas aldeias misteriosas e campos de arroz são tão muitas cadeias de hotéis de prestígio se instalaram. O povo de Casamance conseguiram preservar sua originalidade e tradições.


PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

La Petite Cote, uma área de praia

Com as suas aldeias construídas sobre estacas de conchas e praias, a Costa do Pequeno é a região turística do país. Abrange quase 70 km ao sudeste de Dakar, entre Rufisque e Joal Fadiouth. Um mar ainda calmo, protegido pela península de Cabo Verde que atenua os efeitos da brisa do mar, uma sucessão de praias intercaladas com pitorescas aldeias de pescadores, mas também florestas baobá, sempre presente sol, esta é a tabela que oferecer aos visitantes a visão aldeias Mbodiene, Joal-Fadiouth, Joal Finio Pointe Sarene Yenne, Toubab Diallaw, Ndayane, Popenguine, Somone, etc.


PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

O Senegal-Oriental, a imaginação da África

verdadeiro fim do mundo, a região de Eastern Senegal é certamente o mais rico em surpresas e cenário do Senegal. É um pouco região urbanizada, África, como se pode sonhar. Esta é a única área montanhosa do país, com suas paisagens deslumbrantes, bela vida selvagem e as tradições étnicas ainda bem ancoradas.


PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

O Sine-Saloum, entre terra e mar

sítio Ramsar em 1984 para a importância das suas zonas húmidas, Património Mundial em 2011 e o título de Reserva da Biosfera pela Unesco em 1980, 2005 também admitiu no Clube das Mais Belas Baías do Mundo , o delta Saloum é uma das mais belas áreas naturais de Senegal. É um vasto território entre a terra eo mar, onde centenas de ilhas e ilhotas cobertas com pequenas savanas, mangues ou mangue, é um dos ecossistemas mais ricos em África. Nós nos encontramos muitos mamíferos e muitas espécies de aves. vida marinha também é abundante.


PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

St. Louis e seus parques, uma área de herança

Além de uma empresa cujos modos de vida e simpatia são tão singular, St. Louis é um tesouro de infra-estrutura e edifícios, testemunhas da história gloriosa desta antiga capital da África Ocidental Francesa. Localizado em uma ilha no rio Senegal delta, a cidade de St. Louis ou o majestoso "Venice Africano" é listado como Património Mundial pela Unesco diretório. parques naturais, praias encantadoras, pescadores famosos de Guet-Ndar também fazer St. Louis uma grande atração destino do Senegal.


PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

nous contacter

Para deixar uma mensagem, enviar um item, responda ao local, oferecer sua ajuda, relatar um erro em um programa de artigo ou de viagem, você pode usar o formulário abaixo. * Campo obrigatório
Civilidade(*)
Digite sua saudação

Primeiro nome(*)
Digite seu nome

Nome(*)
Digite seu nome

Teu email(*)
Digite o seu e-mail

Objet du mensagem(*)
Digite o assunto da mensagem

Tipo de mensagem(*)
Por favor, selecione o tipo de mensagem

Mensagem(*)
Digite sua mensagem

SPAM! - Digite as letras da imagem de segurança(*)
SPAM! - Digite as letras da imagem de segurança RealizarDigite as letras corretamente a imagem de segurança

AVISO! Se todas as informações obrigatórias (*) não são fornecidos a sua mensagem não será enviada.

Porque eu gosto de Senegal

Experimente a floresta delta Saloum do oceano (SALC)

Faça um orçamento para esta viagem com seus desejos datas e organizado. informação exigida (*)
I. CONTACT
Civilidade(*)
Digite sua saudação

Primeiro nome(*)
Digite seu nome

Nome(*)
Digite seu nome

Teu email(*)
Digite o seu e-mail

telefone(*)
Digite seu telefone

endereço(*)
Digite seu endereço

Cidade(*)
Insira sua cidade

País(*)
Entrar em seu país

II. Informação da viagem
Número de participantes(*)
Digite o número de pessoas com quem você vai viajar

O número de pessoas com quem você vai viajar

Data de início planejado estadia(*)
Introduza a data de início da sua estadia

Duração da estadia(*)

Introduza a duração da sua estadia

escolha atividades e descobertas(*)

Escolha as atividades

Detalhes adicionais você quer dar

Como devemos entrar em contato com você?(*)
Conte-nos como entrar em contato com você

Como você ficou sabendo sobre a plataforma digital "Por Jaime O Senegal"?(*)
De acordo-nos como é que você PourquoiJaimeLeSenegal?

AVISO! Se todas as informações obrigatórias (*) não são fornecidos o seu pedido não será enviado.

Porque eu gosto de Senegal

Cabo Marniane, uma certa ideia de paraíso nas ilhas Saloum (WEO)

Reserve esta viagem 3J / 2N em Weekend Getaway Organizado
informação exigida (*)
I. CONTACT
Civilidade(*)
Digite sua saudação

Primeiro nome(*)
Digite seu nome

Nome(*)
Digite seu nome

Teu email(*)
Digite o seu e-mail

telefone(*)
Digite seu telefone

endereço(*)
Digite seu endereço

Cidade(*)
Insira sua cidade

País(*)
Entrar em seu país

II. Informação da viagem
Número de participantes(*)
Digite o número de pessoas a que reservar

O número de pessoas para as quais você é reserva

Encontro(*)
Introduza a data de reserva

Escolha a sua data de reserva

Detalhes adicionais você quer dar

Como devemos entrar em contato com você?(*)
Conte-nos como entrar em contato com você

Como você ficou sabendo sobre a plataforma digital "Por Jaime O Senegal"?(*)
De acordo-nos como é que você PourquoiJaimeLeSenegal?

AVISO! Se todas as informações obrigatórias (*) não são fornecidos a sua reserva não será enviado.

Porque eu gosto de Senegal

Cabo Marniane, uma certa ideia de paraíso nas ilhas Saloum

MOTIVAÇÃO PARTICIPANTE

- Pesquisa de autenticidade natural e cultural
- Conheça pessoas
- Relaxe e descanse em um cenário natural
- Discover, experiência e ganhar uma experiência positiva
- Contribuir para a preservação do património natural e cultural

DESTAQUES DO CURSO

- Reserva da Biosfera (1981)
- Zona Húmida de Importância Internacional (Ramsar site 1984)
- O Delta do Saloum e seus vestígios de mais de dois milênios de ocupação humana estão inscritos na lista da UNESCO do Património Mundial (2011)
- admitidos no Clube das Mais Belas Baías do Mundo (2005)
- Uma bela savana paisagem, manguezais, palmeiras Palmira e baobás
- Observação de aves e perto do ecossistema manguezal fabuloso
- Calma, isolamento e local de beleza natural
- Entre a terra eo mar, um ambiente de grande riqueza ecológica
- Localização do alojamento em ambiente natural nas margens do bolong
- Possibilidade de atividades à beira-mar (banho)
- passeios de seguros livremente em uma canoa no mangue
- Ele beneficia muito do ar sol e mar
- Caminhadas sem qualquer dificuldade
- aldeias tradicionais africanos, culturas autênticas
- O mato Africano
- Mercado colorido e agitado
- Descubra a arquitetura tradicional local
- acolhedor e Povos Indígenas quentes
- A diversidade étnica
- Reuniões e intercâmbios com as pessoas locais
- evento cultural: Dança Yippi
- crença Misticismo e local
- Locais históricos, religiosos sagrados
- Descoberta das atividades tradicionais diários e populações socioeconômicas
- Descoberta de produtos locais: comida, artesanato
- guias dinâmicas e informativas

PourquoiJaimeLeSenegal

Porque eu gosto de Senegal

Cabo Marniane, uma certa ideia de paraíso nas ilhas Saloum (WEO / QUOTE)

Solicite uma cotação para este 3J / 2N fim de semana viagem Getaway organizado para a sua data. informação exigida (*)
I. CONTACT
Civilidade(*)
Digite sua saudação

Primeiro nome(*)
Digite seu nome

Nome(*)
Digite seu nome

Teu email(*)
Digite o seu e-mail

telefone(*)
Digite seu telefone

endereço(*)
Digite seu endereço

Cidade(*)
Insira sua cidade

País(*)
Entrar em seu país

II. Informação da viagem
Número de participantes(*)
Digite o número de pessoas com quem você vai viajar

O número de pessoas com quem você vai viajar

Data de início de estadia(*)
Introduza a data de início da sua estadia

Detalhes adicionais você quer dar

Como devemos entrar em contato com você?(*)
Conte-nos como entrar em contato com você

Como você ficou sabendo sobre a plataforma digital "Por Jaime O Senegal"?(*)
De acordo-nos como é que você PourquoiJaimeLeSenegal?

AVISO! Se todas as informações obrigatórias (*) não são fornecidos o seu pedido não será enviado.